Criação e Desenvolvimento de Sites em Blumenau SC

16 Motivos Porque a sua Loja Virtual não Vende!

Entenda os 16 motivos porque uma loja virtual não vende. Esse artigo é um verdadeiro curso para quem já tem uma loja e principalmente para quem está começando o seu sonho de ter um e-commerce.
Motivos porque uma loja virtual não vende
25 min leitura

Entenda os 16 motivos porque uma loja virtual não vende. Esse artigo é um verdadeiro curso para quem já tem uma loja e principalmente para quem está começando o seu sonho de ter um e-commerce.

Se a sua loja virtual não vende, saiba que você não está sozinho. Atualmente, existem centenas de empreendedores que passam pelo mesmo problema que você.

Por isso, este conteúdo acaba sendo ideal tanto para quem quer ter uma loja como para quem já a possui e não está obtendo os resultados que deseja.

Aqui, iremos apontar 16 motivos para as vendas não estarem acontecendo. Saiba que caso esses motivos sejam corrigidos, os resultados da sua loja devem melhorar muito em pouquíssimo tempo.

Conheça abaixo os 16 motivos porque uma loja virtual não vende:

  1. Falta de conhecimento;
  2. Falta de atenção com a loja;
  3. Sua Loja não pode ser uma ilha;
  4. Preço dos produtos;
  5. Falta de produto chamariz;
  6. Falta de confiança do cliente;
  7. Falta de presença digital constante;
  8. Falta de meios de contato;
  9. Preço do frete e prazo de entrega;
  10. Conteúdo no Blog – SEO Esquecido;
  11. Erros da plataforma escolhida;
  12. Falta de análise de dados;
  13. Falta de detalhes dos produtos;
  14. Falta de produtos / estoque;
  15. Falta de foco (muita diversidade de produtos);
  16. Olhe para dentro;

Confira o conteúdo deste artigo todo em vídeo:

Parte 1:

Parte 2:

1 – Sua loja virtual não vende por falta de conhecimento

Antes de falarmos diretamente sobre o nosso primeiro motivo, precisamos fazer um alerta:

Este conteúdo possui muitas verdades. Elas podem ser difíceis de engolir, pois, apontam falhas claras que o seu negócio tem nesse exato momento e que impedem ele de crescer e muitas vezes esse problema pode estar em você e/ou na sua preparação para o negócio online.

Bem, nós não queremos que você pense que isso é um motivo para fechar este conteúdo e desistir da sua loja. De fato, esses erros são comuns na maioria das lojas que nós já atendemos.

Acredite: tudo o que nós vamos falar aqui tem a base de anos de experiência na área, então saiba que você não é a primeira nem a última pessoa que está com problemas com as vendas online.

Pode ser um pouco ruim ler tudo isso, mas é algo que valerá a pena. Então não se desespere nem ao menos fique triste com o que estamos falando. Essa é a oportunidade perfeita para começar a mudar.

Agora que isso está um pouco mais claro, vamos falar um pouco sobre como o conhecimento pode influenciar nas suas vendas:

Ele é crucial para que você consiga ter sucesso com a sua loja virtual. De fato, podemos subdividir esse assunto em 3 campos:

É preciso conhecer o Marketing Digital

Marketing Digital para Loja virtual
Marketing digital para loja virtual

Uma loja virtual precisa estar totalmente alinhada com as melhores práticas de Marketing Digital. Para ter uma ideia, veja algumas das ferramentas de Marketing que são importantes para o bom funcionamento de uma loja virtual:

  • Google Analytics;
  • Google Meu Negócio;
  • Facebook Ads;
  • Google Ads;
  • Redes Sociais;
  • E-mail Marketing;
  • Sistemas de automação;
  • Sistema de Atendimento Online;
  • Entre outros.


Sim. Nós sabemos que isso pode parecer muita coisa. Mas fique tranquilo vamos indicar a Udemy que é um dos maiores portais de cursos do Mundo, lá você consegue encontrar centenas de cursos sobre Marketing Digital por valores muito baixos.

 A maioria dos cursos está em uma faixa de preço de R$ 19,90 a R$ 69,90. Com menos de R$ 100,00 você já consegue dominar várias dessas ferramentas do marketing digital, então vale muito a pena usar essa plataforma para estudar.

No fim das contas, conforme falaremos ao longo deste conteúdo, sua loja virtual não é uma ilha. Você precisa utilizar tudo o que o Marketing Digital pode oferecer para conseguir fazer com que ela tenha os melhores resultados possíveis.

Planejamento de Negócios

Você não pode enxergar a sua loja virtual como um simples site na Internet. Ela é praticamente uma empresa a parte do seu negócio e, por esse motivo, precisa ser estruturada sobre um ótimo planejamento 

Para ficar mais claro, a sua postura diante da abertura de uma Loja Virtual precisa ser semelhante a que haveria em caso de abertura de uma nova filial física. Por exemplo, é preciso saber:

  • Para quem você vai vender;
  • Como vai vender;
  • Quais são os principais objetivos da loja;
  • Como ela estará estruturada;
  • E assim por diante, deve ser feito um plano de negócios para sua loja online.

Isso é algo que só pode ser feito através de um planejamento de negócios. Quanto mais ele for detalhado, mais fácil será fazer com que a sua loja consiga vender ao longo do tempo, pois as ações para que isso aconteça já terão sido mapeadas previamente.

Conhecimento sobre a plataforma para a sua Loja Online

Você também precisa buscar muito conhecimento sobre a plataforma que será escolhida para o lançamento da sua loja virtual. É preciso escolher uma boa plataforma, que conte com um bom suporte, tenha uma boa estrutura e te ajude a resolver todos os seus problemas, exigir suporte rápido via whatsapp é primordial para resolver problemas muito rapidamente.

Se você não tiver isso, provavelmente vai ter muita dor de cabeça, seja por falhas na própria plataforma, ausência de suporte ou por dificuldades em mantê-la funcional. 

2- Sua loja virtual não vende por falta de atenção

Como você espera que sua loja virtual possa vender se ela não recebe a sua atenção? 

Conforme mencionamos, a sua loja virtual é praticamente uma filial da sua empresa. Se ela não receber atenção necessária, não vai conseguir se estabelecer no mercado da maneira correta. 

Quanto antes você conseguir entender isso, melhor será para o seu negócio. Esqueça a ideia de que colocar uma loja online não exige trabalho ou esforço.

Muito pelo contrário: ela precisa de dedicação em tempo integral e deve haver um cuidado constante para que ela possa se desenvolver da maneira certa. Além disso, essa atenção é importante para que as vendas possam ser feitas.

O cliente online não tem paciência para esperar. Se a pessoa acessar a sua loja, tentar comprar e não conseguir, ela vai embora na mesma hora, pois existem centenas de opções a apenas um clique de distância.

Se ele mandou um e-mail, você precisa responder na mesma hora. Se o consumidor pedir suporte, ele precisa ser atendido da melhor maneira possível. 

Ninguém tem tempo para esperar por nada na Internet. Por isso é essencial garantir que a sua loja esteja totalmente estruturada para receber o seu cliente.

3- Sua loja não pode ser uma ilha

É muito comum encontrar pessoas que querem lançar uma loja virtual e separam, por exemplo, R$ 5.000,00 para criar a estrutura da loja e R$ 5.000,00 para investir em divulgação.

Porém, quando chega o lançamento, a loja não faz absolutamente nenhuma venda. Você sabe porque isso acontece?

É óbvio! A quantia disponível para investir em Marketing não foi suficiente e, provavelmente,  a estratégia utilizada também não estava clara desde o início.

Você vai investir R$ 5.000,00 para criar sua loja virtual? Então tenha R$ 15.000,00 ou R$ 20.000,00 para fazer a divulgação, afinal, as pessoas precisam ser induzidas a acessar a sua loja para comprarem e elas não vão fazer isso por vontade própria sem que haja um estímulo para isso.

Conheça o maior case de vendas no lançamento de uma loja virtual da Blu E-commerce.

É como colocar uma lojinha em uma rua super distante e esperar que as pessoas cheguem lá sem propaganda alguma. Não vai funcionar. Essa loja precisa de outdoors pela cidade, promoções em rádio, televisão e Internet para poder chamar a atenção das pessoas.

Do mesmo modo, sua loja não vai vender sozinha. Ela precisa estar presente no Google por meio de anúncios, SEO Local, precisa ser relevante no Google Meu Negócio, nas Redes Sociais e em qualquer outro lugar que o seu cliente estiver.

4- O preço está te impedindo de vender

Imagine que você esteja procurando por um teclado para o seu computador. Você entra em uma loja e encontra um determinado modelo por R$ 79,90. 

Não satisfeito, você acaba visitando outra loja virtual e encontra o mesmo modelo por R$ 59,90. Onde você vai fazer a sua compra?

Esse é exatamente o mesmo pensamento que o seu cliente possui quando está navegando pela Internet em busca de um produto. A tendência é de que ele sempre acabe optando por produtos que possuam um custo mais baixo.

Por isso, é muito importante que você seja capaz de ter um preço extremamente competitivo. Isso fará com que o cliente sinta mais disposição para finalizar a compra.

Também é importante desenvolver um bom posicionamento de mercado, para que os seus clientes não liguem muito para o seu preço, já que conhecem a qualidade do seu produto.

De qualquer modo, para ter uma noção clara em relação aos preços que estão sendo praticados no mercado, esteja sempre se comparando com outras lojas e crie estratégias para conseguir manter a sua lucratividade enquanto oferece bons preços aos consumidores.

5- Falta de produto chamariz

Produto Chamariz Promoção Loja Virtual

Uma estratégia muito utilizada por empresas, principalmente aquelas que trabalham com o varejo, é utilizar um produto chamariz. Ele possui uma única finalidade: atrair pessoas para um estabelecimento.

Por exemplo, supermercados tendem a vender alguns produtos pelo preço de custo ou até mesmo com prejuízo, para que as pessoas visitem o estabelecimento. Porém, elas não saem de lá apenas com aquele produto. Naturalmente, outras coisas acabam interessando às pessoas, levando assim muito mais produtos do que somente aquele da promoção (produto chamariz).

Em uma análise fria, podemos perceber isso na nossa própria vida: quantas vezes você vai ao mercado para comprar a carne que está na promoção mas também se lembra de que precisa do leite? E do pão? E mais algumas coisinhas? Pois é, é para isso que o produto chamariz serve.

Então é muito importante que a sua loja virtual tenha esse tipo de produto que é vendido praticamente a preço de custo. A ideia é atrair novas pessoas para sua loja e deixá-la movimentada.

As pessoas que chegarem lá, naturalmente vão acabar comprando esse produto e outras coisas também.

Porém, lembre-se do tópico anterior, quando afirmamos que a sua loja não é uma ilha. As pessoas não vão descobrir que você tem um produto tão barato sem que haja uma boa divulgação. Portanto, divulgue! Mostre para as pessoas que você possui um produto super barato e que está disponível para elas. 

Isso vai fazer toda a diferença para que você consiga ganhar novos clientes!

Quanto Custa uma Loja Virtual?

6- A sua Loja Virtual não vende por falta de confiança dos clientes

É muito comum que um cliente faça a consulta de uma marca na Internet para saber se ela é confiável ou não.

Isto é, ele acha a loja, define o produto que vai comprar, mas antes de fechar o carrinho, decide fazer buscas na Internet relacionadas a sua loja, como:

  • A Loja XTV é confiável?
  • Reclame Aqui Loja XTV;
  • Opinião de clientes Loja XTV.

Ou então a pessoa simplesmente começa a ler suas avaliações no Google Meu Negócio. E é nessa hora que a coisa costuma ficar feia. Afinal, muitas empresas não possuem avaliações dentro da Internet.

Se o cliente encontrar uma avaliação ruim ou não encontrar avaliação alguma, ele automaticamente vai deixar de confiar na sua loja e, sem confiança não há como haver uma relação comercial.

Justamente por isso é crucial que a sua Loja Virtual tenha muito cuidado com avaliações, com sites como o Reclame Aqui, com Reviews que são feitas dentro da Internet e com qualquer tipo de opinião que envolva a sua marca. Você não pode correr o risco de perder clientes por avaliações ruins.

A melhor maneira de ter o controle sobre o que falam de você é:

  • Garantindo um bom serviço do começo ao fim;
  • Respondendo todos os clientes;
  • Conseguindo avaliações de clientes que estejam felizes com a sua marca;
  • Respondendo com franqueza, transparência e honestidade às avaliações negativas.

É importante frisar que nós somos seres que tomam atitudes com base em convenções sociais. Ou seja, se existem dois restaurantes e um deles está lotado e o outro vazio, é natural que nós tenhamos a motivação de ir naquele que está cheio, pois achamos que, como todos os outros já estão lá, ele deve ser bom.

Você consegue perceber como isso é algo intuitivo? De fato, a necessidade de agirmos por meio de provas sociais é algo que nos acompanha por séculos e está totalmente conectado com a nossa forma de ver o mundo.

Por conta disso, você precisa criar provas sociais por meio de depoimentos e avaliações que mostram que a sua loja é muito boa. Isso te fará vender mais, pois dará ao seu consumidor a confiança de que ele pode comprar ali!

Aprenda a pedir avaliações corretamente na sua ficha do Google meu Negócio da sua Loja:

7- Falta de presença digital constante

É muito comum encontrar clientes que estão reclamando que a sua loja virtual não fez nenhuma venda, que nada está dando certo e que vendas online não funcionam para ele.

Porém, quando vamos analisar suas redes sociais e blog, percebemos que não são feitas novas atualizações há mais de 3 meses. Sinceramente, qual é o cliente que vai fazer uma compra em uma loja que se quer se preocupa em manter suas redes sociais atualizadas? Eu não compraria dessa loja!

Sem dúvida alguma, a impressão do cliente é de que aquela loja simplesmente faliu e não está mais funcionando.

Se a sua própria empresa não tem o cuidado de atualizar corretamente suas redes sociais e canais de comunicação, porque o cliente deveria ter que gastar o seu próprio dinheiro com você? Principalmente quando existem lojas fazendo essa atualização constante?

Se atente a isso e esteja sempre atualizando a sua loja em seus meios de comunicação. Mostre aos seus clientes os novos produtos, produza conteúdos interessantes e gere engajamento. Lembre-se de que quem não é visto não é lembrado!

8- Falta de meios de contato

Curiosamente, muitas pessoas deixam de comprar por motivos extremamente banais, como por exemplo, dúvidas no método de pagamento, dificuldades na seleção do produto, falta de conhecimento sobre o frete e assim por diante.

São coisas que podem ser facilmente resolvidas, mas que muitas vezes não são. Agora imagine a quantidade de vendas que você pode estar perdendo simplesmente por não ter um meio de contato por onde o seu cliente possa tirar suas dúvidas rapidamente?

Isso simplesmente não pode acontecer!

Portanto, crie mecanismos de atendimento rápido de suporte ao seu cliente. Tenha um atendimento via WhatsApp e Messenger, para atender bem tanto quem está no computador quanto quem está no celular.

Além disso, tenha na sua loja virtual também o Chatra que é uma excelente ferramenta de atendimento online, o qual 100% gratuito (funções limitadas) e pode te ajudar a atender essas pessoas de forma imediata.

Você precisa dar todas as possibilidades de contato para o seu cliente. Isso vai ajudar ele a comprar com mais facilidade, já que o mesmo poderá tirar todas as suas dúvidas em poucos minutos.

Em um mercado tão competitivo, nenhuma loja online pode se dar ao luxo de perder a atenção de um cliente que já esteja tão interessado nos seus produtos, por isso formas de contatos diversas são extremamente necessárias.

9- Preço do frete e prazo de entrega

A Amazon é, atualmente, uma das empresas que mais crescem em todo o mundo. Por incrível que pareça, muito desse crescimento se deve a um esforço constante para atender uma demanda importantíssima de quem compra online: frete barato e entrega rápida.

Nos EUA, por exemplo, a Amazon já entrega em menos de 24 horas para clientes Prime. O Mercado Livre também acaba fazendo algo muito semelhante no Brasil, entregando produtos em uma velocidade absurda.

É claro, você não vai conseguir fazer a mesma coisa. Isso é impossível para uma loja que está começando, já que envolve esforços logísticos que estão além do alcance se comparado com as grandes marcas que possuem centros de distribuição espalhados por todo o Brasil.

Entretanto, você pode utilizar recursos básicos para conseguir garantir um bom frete para os seus consumidores, Um exemplo disso é a Freenet, que descentraliza as entregas dos correios e permite que você tenha um frete mais rápido e barato por meio das transportadoras.

Quanto mais barato for o seu frete e quanto mais rápida for a sua entrega maiores são as chances de que o cliente acabe comprando o seu produto. Conforme mencionamos anteriormente, na Internet tudo precisa ser feito o mais rápido possível. O seu cliente não tem tempo para esperar!

10- Conteúdo em Blog: SEO esquecido!

SEO ou Search Engine Optimization é o coração de todo o Blog e, respectivamente, um Blog é o coração de toda loja virtual.

Isso acontece porque o Google tende a valorizar muito os sites que fazem atualizações constantes de conteúdo que gerem valor para os usuários. Bem, essa é a principal função de um Blog.

Veja esse vídeo para entender o quão grande você pode ser com um Blog bem trabalhado:

Qual a importância do blog para a sua loja virtual?

Sem a correta otimização para mecanismos de buscas será impossível posicionar a sua loja virtual organicamente no Google, o que vai te impedir de receber muitos acessos.

Esses muitos acessos são teoricamente gratuitos, já que o Google não vai lhe cobrar por isso. Sem contar que o usuário que encontra uma loja por meio de uma pesquisa já está muito interessado em adquirir um produto.

O que é SEO e como melhor o posicionamento da sua Loja virtual!

Justamente por isso, o conteúdo em blog e o SEO são tão importantes.

Acredite: de 1000 lojas virtuais, 950 simplesmente ignoram completamente o blog e o SEO. Elas não fazem absolutamente nada.

40 fazem isso de qualquer jeito, sem dar muita atenção. São aquelas lojas que fazem uma postagem uma vez ou outra, conforme se lembram.

Apenas 10 fazem isso da forma certa e são essas 10 que faturam mais do que todas as outras, pois recebem mais atenção e acessos, o que naturalmente se converte em vendas.

Essa é a sua grande oportunidade: afinal, se poucos fazem isso, é a sua hora de fazer. Se posicione na frente e tome a iniciativa. Mantenha o blog da sua loja virtual atualizado e aplique boas estratégias de SEO para conseguir ainda mais visibilidade.

Você vende uma bolsa? 

  • Crie conteúdos sobre o assunto com dicas para mulheres que querem usar bolsas para sair à noite.
  • Crie conteúdos relacionados aos termos mais buscados dentro do Google.

Você não precisa pagar absolutamente nada para ter acesso a essas informações. Elas estão disponíveis na Ferramenta de Palavras Chave do Google ou em outras diversas ferramentas como SEMRUSH. Faça tudo o que for necessário para obter ótimos resultados.

Se você tiver um blog atualizado, ele será uma das primeiras respostas para as pesquisas dos usuários. Isso vai te trazer acessos de maneira praticamente automática todos os dias.

É como se cada texto otimizado do seu blog fosse um anunciante da sua loja andando pelas ruas da sua cidade informando as pessoas que elas devem visitar o seu estabelecimento.

Adicione em seu blog textos, fotos e vídeos. Se esforce ao máximo. É um trabalho difícil, mas que dá ótimos resultados. Faça o melhor conteúdo possível e sua loja vai se tornar muito mais movimentada.

11- Sua Loja Virtual não vende por conta de erros da Plataforma

Antes de mais nada, precisamos deixar muito claro que toda a loja virtual pode sofrer com erros. Estamos falando de sistemas, que são suscetíveis a um mau funcionamento. Por exemplo, pense no seu celular: ele pode acabar travando em alguns momentos, sem motivo algum e o  mesmo pode acontecer com a sua loja virtual.

Justamente por isso, esteja constantemente testando toda a sua loja. Faça isso tanto pelo computador quanto pelo seu celular.

Cheque todos os botões, veja se está tudo funcionando direitinho, atualize o site, veja se ele está coletando informações e confira absolutamente tudo pelo menos uma vez por semana. Aliás, o ideal é até que você faça um Checklist para não se esquecer de nada.

Dessa maneira, você garante que a sua loja virtual está sempre funcionando perfeitamente e está apta a receber novos clientes.

12- Falta de análise de dados

Como você espera vender com a sua Loja Virtual sem saber precisamente quem são as pessoas que estão acessando ela? De qual cidade elas são? Qual a faixa de idade?

Você pode até achar que isso é algo que pode ser terceirizado, mas é sua responsabilidade saber quem são as pessoas que estão visitando a sua loja todos os dias, ainda mais quando esse tipo de informação está facilmente ao seu alcance com o Google Analytics. Aprenda neste vídeo como saber quantos acessos tem a sua loja virtual.

Quer aprender detalhadamente a ferramenta do Google Analytics? Sem problema algum. Faça um curso de Google Analytics na Udemy, você já vai ter conhecimento suficiente para gerir sua loja de uma maneira muito mais profissional.

Assim você pode retirar vários insights de acessos, consumidores, pesquisas e muitos outros dados que poderão te ajudar a vender mais.

13- Falta de detalhes dos produtos

Em sua loja virtual, é crucial que o seu produto tenha uma descrição muito bem-feita. Ninguém deixa de comprar por excesso de informação, mas sim por falta dela, já que isso gera a falta de confiança no consumidor.

Portanto, crie uma descrição rica sobre o que você está vendendo, utilizando boas palavras-chave e informando o seu cliente sobre absolutamente tudo do seu produto.

Se possível, faça vídeos explicando mais sobre o produto. Ninguém faz esse tipo de coisa, devido ao trabalho que precisa ser empregado, mas acredite, os resultados valem a pena. 

Imagine só, entrar em uma loja virtual que mostra um vídeo completo do produto que você deseja comprar, mostrando características, modos de uso, qualidade, informações gerais e muito mais? Isso gera muita confiabilidade! 

Ao fazer isso você já estará na frente de boa parte do mercado e as pessoas vão perceber isso. Então, invista no detalhamento de todos os seus produtos. Quanto mais você falar sobre eles, mais vai vender.

14- Falta de produtos ou estoque na loja

Você simplesmente não pode sofrer com a falta de produtos ou de estoque na loja virtual. É preciso ter muito cuidado com isso. Embora seja um erro bobo, ele pode acontecer caso não haja um controle preciso de toda a estrutura logística. 

Ter um produto faltando em sua loja ou não tê-lo em estoque é algo muito perigoso, pois o cliente provavelmente irá fazer a sua compra em outra loja.

Você não pode se dar ao luxo de perder uma venda dessa maneira. Então, mantenha-se atento a isso.

Caso sofra com a falta de produtos ou estoque, certifique-se de que, de alguma maneira, seu cliente se comprometa com você. Por exemplo, pedir que ele deixe o seu e-mail para que você o avise quando o produto estiver disponível já é uma maneira de estabelecer contato e conseguir garantir vendas futuras.

15- Falta de foco!

Você muito provavelmente não é uma empresa do porte da Casas Bahia que conta com milhares de produtos diferentes. Então não queira começar a vender centenas de coisas. Tenha foco e trabalhe com nichos pequenos.

O mais indicado nesse caso é que você comece vendendo produtos de um nicho (segmento) específico. Depois de ter bons resultados, você pode ir pouco a pouco expandindo a sua gama de produtos oferecidos, mas é crucial que no início da sua loja virtual haja muito foco!

Isso também vai te ajudar a começar com um custo mais baixo, investimentos mais modestos e uma segurança maior. Um dos grandes pilares do sucesso dentro da Internet e do Marketing Digital como um todo é começar rápido, barato e de maneira inteligente. Aplique isso na sua loja!

16- Olhe para dentro

Muitos empreendedores acabam achando que uma agência vai resolver todos os seus problemas. Na maioria dos casos a agência apenas dará um apoio estratégico e técnico para o seu negócio, mas a responsabilidade de fazer acontecer ainda é sua.

Se não houver um comprometimento da empresa de fazer tudo corretamente, será impossível ter bons resultados. Não importa o quão boa a agência seja, ela apenas vai potencializar o que o seu negócio tem a mostrar.

Além disso, é preciso passar a olhar para as oportunidades que já existem dentro da sua empresa. Esqueça a ideia de pegar uma imagem em um banco de imagens para usar como uma promoção dos seus produtos ou de fazer postagens em redes sociais com imagens aleatórias.

Olhe para dentro - Loja Virtual
Olhe para dentro – loja virtual

Faça um vídeo do seu produto. Trabalhe com imagens reais, que representam aquilo que o cliente verdadeiramente vai encontrar. Se você vende castanhas, mostre suas castanhas, como você faz a embalagem, como é o seu cuidado na entrega e assim por diante.

Permita que as pessoas descubram o excelente trabalho que você já está fazendo nesse momento. Não existe nada que incentive mais um cliente a comprar do que isso.

Por fim, lembre-se de que se você tiver atenção a todos os 16 motivos pelos quais a sua loja virtual não vende e passe a corrigi-los, a mudança na sua loja vai ser gigantesca. Em pouco tempo isso já te trará resultados e suas vendas vão começar a subir rapidamente.

Caso tenha dificuldades para implementar isso, entre em contato conosco. Nós podemos te ajudar a estruturar sua loja virtual de modo que ela se torne capaz de vender com mais facilidade!

Autor do Post:

Luciano Arthur

Luciano iniciou sua carreira com desenvolvimento de sites aos 19 anos (2003) e atuou em mais de 1200 projetos de sites, Lojas Virtuais e SEO. Em meados de 2007 começou seus estudos em Marketing Digital com foco em posicionamento em Google e assim ajudou muitas empresas a ganharem milhares de acessos em seus sites. Atualmente é CEO da Vale da Web de Blumenau SC.

Gostou do Post? Compartilhe agora mesmo:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp